Menu
quarta, 24 de julho de 2024
Buscar
(67) 9 9845-5408

Brasileirão
Botafogo é derrotado pelo Criciúma e perde invencibilidade de nove jogos
Glorioso foi superado no Heriberto Hulse e deixou escapar chance de reassumir liderança do Brasileirão
22 JUN 2024
Redação MS24h
20h15


Cuiabano em disputa na partida entre Criciúma e Botafogo
Imagem: Vitor Silva/Botafogo
O Botafogo voltou a conhecer uma derrota após nove jogos e deixou escapar a chance de reassumir a liderança do Brasileirão. Na tarde deste sábado (22), o Glorioso perdeu para o Criciúma por 2 a 1, no Heriberto Hulse, e agora terá que "secar" os adversários da parte de cima da tabela. O zagueiro Lucas Halter fez o único gol dos cariocas. Do outro lado, Barreto e Arthur Caíke fizeram para o Tigre.

Com derrota, o Alvinegro ficou com 20 pontos e caiu para a terceira posição do Brasileirão. O time de Artur Jorge ainda pode ser ultrapassado na rodada por outros clubes. A equipe carioca volta a campo na próxima quarta-feira (26), às 19h (de Brasília), contra o Red Bull Bragantino, no Nilton Santos.

O Botafogo entrou desligado na partida e viu o Criciúma ser melhor durante a maior parte do primeiro tempo. O time catarinense fez valer sua força em casa e abriu o placar logo no início, aos 9 minutos, quando Ronald Lopes fez boa jogada na linha de fundo e cruzou para Barreto, ex-jogador do Glorioso, abrir o placar.
Glorioso foi superado no Heriberto Hulse e deixou escapar chance de reassumir liderança do Brasileirão
Imagem: Vitor Silva/Botafogo
Fora de sintonia, o Botafogo teve dificuldades de criar na parte ofensiva e abusou dos erros individuais, que quase custaram caro. O Glorioso levou um susto ao ver o Criciúma marcar com Matheusinho, mas foi salvo pelo VAR, que assinalou o puxão na camisa de Gregore no início da jogada e manteve a vantagem mínima para o Tigre. Nos primeiros 45 minutos, a única chance de perigo do Alvinegro veio em falta cobrada por Óscar Romero, defendida pelo goleiro Gustavo.

Na volta do intervalo, Artur Jorge fez três mexidas para tentar consertar os erros do Botafogo. Nos primeiros minutos, o Glorioso conseguiu melhorar sua produção e chegou ao gol de empate na bola aérea, que já havia salvado no empate com o Athletico-PR. Aos 9 minutos, Óscar Romero cobrou escanteio e Lucas Halter subiu mais que a zaga do Criciúma para estufar as redes.

Apesar do empate, o Botafogo seguiu com dificuldades no setor ofensivo e pouco conseguia ameaçar o gol do Criciúma. Os erros individuais continuaram acontecendo e foram fatais para o Alvinegro. Aos 38, Óscar Romero perdeu a bola para Claudinho, que tocou para Arthur Caíke marcar o segundo e dar a vitória aos catarinenses.

2R Entregas