Menu
segunda, 29 de novembro de 2021
Buscar
(67) 9 9954-7979

Prefeitura de Dourados
BR-060
MS era último estado que casal acidentado rodaria de moto pelo Brasil
Os dois estão internados em estado grave na Santa Casa de Campo Grande após acidente na BR-060
18 NOV 2021
Midia Max
21h05


Motocicleta utilizada pelo casal era uma Titan 150. - (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Mato Grosso do Sul era o último dos 26 estados percorridos pelo casal que se acidentou em uma colisão ocorrida na terça-feira (16), na BR-060, no município de Paraíso das Águas, a 277 quilômetros de Campo Grande. Na página do Facebook deles, com mais de 57 mil curtidas, os dois fizeram uma transmissão ao vivo horas antes do acidente.

Na live, o casal explica que "rodou o Brasil" em 8 meses e 13 dias. Eles chegam a estourar fogos para os seguidores, às margens da rodovia, horas antes de pegarem a estrada novamente. "Foram 37 mil quilômetros rodados, "tamo" só a poeira do salão, mas estamos felizes. É uma história que vai ficar marcada. Obrigado a quem nos acompanhou e incentivou várias vezes", afirma o homem de 32 anos.

As famílias pedem ajuda nas redes sociais para arcarem com as despesas da vinda para Campo Grande, uma vez que são naturais de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Uma publicação, feita por familiar do rapaz, afirma que a previsão de chegada é de 17h na Capital. "Há uma corrente de apoio para que possamos cobrir as despesas". O dinheiro arrecadado será dividido com a mãe da jovem, de 19 anos, que também vem para Campo Grande após a internação dela.

O casal ganhava dinheiro fazendo malabarismos nos semáforos e morando nas ruas, em uma barraca, segundo informado por eles próprios nas páginas do “Canal do Mochileiro” no Facebook e YouTube. Os canais foram criados para que os dois pudessem compartilhar suas vivências durante o percurso. A transmissão ao vivo feita por eles teve mais de 86 mil visualizações.

Quem deseja ajudar pode fazer a transferência por meio de Pix pelo celular (53) 991092459.

Os dois estão internados em estado grave na Santa Casa de Campo Grande após acidente na BR-060
Imagem: Reprodução
O acidente
O acidente envolveu duas motocicletas, uma BMW e uma Honda CG, e resultou na morte de Clovis Zolet, de 63 anos. O casal ficou gravemente ferido. A colisão ocorreu no km-97 por volta das 15 horas, quando Clovis, que estava na BMW em um comboio de motociclistas, tentou fazer a ultrapassagem de um caminhão em um local proibido e bateu frontalmente contra a Honda CG, onde estava o casal, de 19 e 32 anos.  

Com a batida, o casal foi arremessado para as margens da rodovia e o homem teve a perna amputada no local com a colisão. Já a jovem teve fraturas pelo corpo, sendo os dois socorridos em estado grave para uma unidade de saúde e depois levados para a Santa Casa de Campo Grande em vaga zero. 

Segundo o site Brito News, com a colisão entre as motocicletas, Clovis acabou atropelado pelo último eixo da carreta que tentava ultrapassar morrendo no local. O grupo tinha como rota a cidade de Costa Rica, onde passariam a noite. Um empresário de Paraíso das Águas disse que seguia logo atrás e presenciou o acidente: "imagens que não esquecerei tão cedo", declarou.

Estado de saúde
Conforme informado pela assessoria de imprensa da Santa Casa, o motociclista deu entrada no hospital no dia 16 com amputação traumática da perna esquerda. Ele está no CTI sedado, entubado e grave no momento, em recuperação do procedimento realizado pela ortopedia para correção da área atingida e acompanhado pela equipe da nefrologia devido à disfunção renal. 

Já a jovem teve fratura de pelve, de tornozelo esquerdo e dos dedos do pé esquerdo. Ela está em observação no CTI consciente, orientada e estável no momento. Ela se recupera de uma cirurgia de correção de múltiplas fraturas (pelve, tornozelo, pé e mão). Por enquanto, segue em acompanhamento pela equipe da ortopedia.