Menu
sábado, 8 de agosto de 2020
Buscar
(67) 9 9954-7979

Use Máscara - MS24h
recursos federais
Para enfrentar coronavírus, Fátima do Sul recebe mais de R$ 40 mil do Ministério da Saúde
Todos os municípios de Mato Grosso do Sul receberão o repasse, que totaliza cerca de R$ 4,4 milhões. O valor deverá ser utilizado em ações que promovam a saúde sanitária de alunos da rede pública.
29 JUL 2020
MS 24h
12h15


Todos os municípios de Mato Grosso do Sul receberão o repasse, que totaliza cerca de R$ 4,4 milhões
Imagem: Ribero Júnior / MS 24h
Para auxiliar no combate a pandemia do coronavírus, os 79 municípios de Mato Grosso do Sul receberam cerca de R$ 4.408.024 de repasses do Ministério da Saúde. Os recursos foram oficializados por meio de portaria no Diário Oficial da União de terça-feira (28).

De acordo com a publicação, os repasses são "para combate à Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus/Covid-19, considerando as escolas públicas da rede básica de ensino". Assim, os recursos recebidos pelos municípios devem ser utilizados de acordo com as regras de custeio das ações no âmbito do Programa Saúde na Escola.

Então, os repasses devem ser utilizados para compra de materiais que garantam a segurança sanitária dos estudantes e dos profissionais de educação das escolas. Além de financiar ações de promoção da Saúde e prevenção à Covid-19. 

O município de Fátima do Sul, administrado pela prefeita Ilda Machado (PSD) receberá do Ministério da Saúde o valor de R$ 42.232,00. Recentemente, o jornal MS 24h divulgou matéria informando que a cidade Favo de Mel já havia recebido cerca de R$ 2,5 milhões para combate ao coronavírus. Relembre Aqui.

Na própria portaria o Ministério da Saúde indica alguns itens que podem ser adquiridos com o repasse. Foram citados: material de limpeza; álcool em gel ou líquido 70%; máscaras; termômetros infravermelho, adesivos de marcação para distanciamento social e outros.

Outros municípios que receberão uma parcela maior dos repasses são Campo Grande que deve receber R$ 1.020.118; Corumbá, com R$ 156.562; Dourados, com R$ 353.356; e Três Lagoas, com R$ 161.900.